Por Everlando Mathias
07/12/2018 - 16:57:53 - atualizado em 07/12/2018 às 17:00:40

Definida programação de inauguração da unidade do Hospital do Amor em Macapá

01

Construída em menos de dois anos, a unidade de prevenção e diagnóstico do Hospital do Amor em Macapá será inaugurada no dia 15 de dezembro deste ano. A programação foi definida nesta quinta-feira (6), em reunião conjunta da diretoria do hospital com representantes da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) e do Instituto Joel Magalhães (Ijoma), na cidade de Barretos (SP), sede do hospital.

De acordo com o secretário Legislativo, Antônio Aparecido, a Alap disponibilizará o cerimonial da Casa, setor de som e a comunicação, responsável pela divulgação do evento. Uma missa campal será celebrada pelo padre Paulo Matias, do Ijoma. "Lançamos a semente e agora estamos colhendo a nossa vitória. Que esse projeto seja um sucesso e atenda a demanda do nosso estado", frisou o assessor institucional da Alap em Brasília, Elpídio Amanajás, que intermediou o projeto há 10 anos.

Visita

Recepcionada pelo coordenador das unidades na região Nordeste, Dr. Marcelo Almeida e o Dr. Robson de Castro Coelho, responsável pelo setor infanto-juvenil, a comitiva conheceu a estrutura física, administrativa e de atendimento da unidade que hoje é referência em tratamento do câncer no Brasil e até no exterior. Os membros da comitiva ficaram surpresos com a magnitude do complexo de Barretos e dos números do hospital.

São três mil atendimentos por dia; 1.372 cidades atendidas em 27 estados do país; 250 médicos que trabalham com exclusividade em tempo integral; além de 2.500 colaboradores. O complexo hospitalar opera em uma área construída de mais de 70 mil metros quadrados, tendo como administrador Henrique Duarte Prata.

O hospital possui sofisticados equipamentos necessários para a prevenção, diagnóstico e tratamento de câncer, contando com uma equipe especializada e altamente qualificada, inclusive, para transplante de medula óssea. Também possui laboratório de oncologia molecular, o maior banco de tumores do país e protocolos clínicos de primeira linha. Além das quatro unidades em Barretos, o hospital está presente em outros estados com centros de prevenção e diagnóstico, como a que será inaugurada no Amapá.

Durante a visita, todos puderam conhecer de perto o trabalho realizado no hospital infanto-juvenil e nos centros de prevenção e de pesquisa. Puderam também conversar com pacientes, médicos e funcionários, e ainda conhecer um pouco da história do hospital e sua dinâmica de funcionamento.

Fotos: Everlando Mathias

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS