Por Everlando Mathias
27/03/2019 - 18:07:51 - atualizado em 28/03/2019 às 18:12:59

CRE confirma para o mês de abril audiência pública no município de Oiapoque

07

Em sessão realizada na manhã desta quarta-feira (27/3/19), na Assembleia Legislativa, a Comissão de Relações Exteriores e Defesa do Estado (CRE) aprovou para o período de 11 à 15 de abril agenda no município de Oiapoque, onde estará em pauta a liberação pelo Governo Federal das atividades de alfândega de um posto da Receita Federal na cabeceira da ponte binacional que liga o Brasil, via município de Oiapoque, e França (Guiana Francesa). 

Na mesma sessão o deputado Paulinho Ramos (PR), informou aos membros da comissão da agenda governamental que cumpriu na cidade de Moscou (Rússia), como membro da CRE, representando a Assembleia Legislativa, onde foi apresentado a plataforma de governo denominado Tesouro Verde, criado a partir da Lei 2.353/2018.

Regulamentada pelo Decreto 2.894/2018, o Estado passou a disponibilizar uma série de incentivos públicos para que as atividades econômicas que conservam florestas nativas ingressem na economia verde do Amapá. O Selo Sustentabilidade Tesouro Verde é a credencial reconhecida pelo Estado, que atesta que a empresa cumpriu a Cota de Retribuição Socioambiental do ano, adquirindo o Crédito de Floresta.

De acordo com o deputado, o ponto positivo para o Brasil, foi a assinatura do termo de cooperação com a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), que faz parte da Organização das Nações Unidas (ONU), e a assinatura de um memorando com a Fundação do Desenvolvimento Social e Industrial, da Rússia, no sentindo de fomentar investimentos no setor no Estado do Amapá, dentro do projeto Tesouro Verde.  

Segundo o parlamentar, na próxima sessão da CRE, o secretário estadual de Planejamento, Eduardo Tavares, estará colocando aos deputados o resultado da viagem e a finalidade do Tesouro Verde. 

Paulinho Ramos, citou que a comitiva brasileira visitou uma empresa de segurança pública que faz o monitoramento de todas as pessoas que entram no país. "É incrível, eles informaram por onde nós andamos durante todo o período que estávamos lá", destacou o parlamentar, informando que o controle é realizado nas empresas públicas e privadas e contribui para a redução da violência a quase zerono país. "A empresa mostrou interesse em trazer essa tecnologia para o Amapá", arrematou. 


Fotos: Kit Nascimento

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS