Por Everlando Mathias
02/05/2019 - 18:42:26 - atualizado em 02/05/2019 às 18:43:06

Presidente da Assembleia Legislativa visita Herbário amapaense e promete apoio para pesquisas

04

A convite da desembargadora do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), Sueli Pini, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Kaká Barbosa (PR), acompanhado do deputado Jaime Perez (PTC), visitou na manhã desta quinta-feira (02/5/2019) o Herbário Amapaense, do Instituto de Pesquisa Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (IEPA) e conheceu o trabalho desenvolvido nas diversas áreas do instituto e estreitou laços que serão importantes nas ações desencadeadas pela autarquia de pesquisa do Estado.

"Vamos buscar junto a bancada federal formas de apoiar as pesquisas do instituto", destacou o presidente Kaká Barbosa, após conhecer a nova e rara espécie de orquídea encontrada no Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, batizada de "Lepanthes Sueli Pini", em homenagem a desembargadora.

"Eu não me sinto a altura dessa honraria, mas sou grata a este presente é para sempre. Ter uma planta rara catalogada no Amapá com o nosso nome é a maior das honrarias que uma pessoa pode ter", agradeceu a desembargadora, acrescentando que o instituto precisa de mais visibilidade, mostrar para a sociedade suas atividades. ?Este instituto é um tesouro que está coberto, precisamos desnudar essa riqueza", frisou.

De acordo com os pesquisadores, a espécie é considerada rara pois o gênero 'lephantes' é muito pouco coletado no Brasil, no máximo 22 coletas ocorrem para todo o país. ?Quando descrevemos novas espécies de plantas, elas só são validadas quando se publica um artigo científico sobre elas", explicou o pesquisador botânico Patrick Cantuária, autor da descoberta.

"Já estávamos embarcando para ir embora do parque quando a planta me chamou a atenção. Ela apresentava características que eu nunca havia visto, por isso recolhi um exemplar para estudar em laboratório e assim descobri que era uma espécie nova", detalhou. O pesquisador acrescenta que a planta com cerca de 7 centímetros é nativa e "endêmica", pois só pode ser encontrada na região do Tumucumaque.

O Herbário do Iepa, conta com uma coleção de mais de 21 mil espécies catalogadas sobre a flora do Amapá e amostras de plantas de vegetação de outras regiões brasileiras. "É um equipamento de extrema importância, porque fomenta a pesquisa num Estado que ainda é muito carente neste aspecto", afirmou Kaká Barbosa.

Durante a apresentação que contou com a presença da diretora-presidente do instituto, Marlene de Almeida Souza e do biólogo e diretor de pesquisas do Iepa, Allan Kardec, os presidentes dos poderes legislativa e judiciário, se comprometeram a dar as mãos a trabalharem em prol do Iepa. Kaká Barbosa colocou a Assembleia Legislativa à disposição da autarquia, apoiando na parte de divulgação. O parlamentar conheceu o setor de pesquisa de mineração do Estado e recebeu um livro do Diagnostico do Setor Mineral do Amapá.

Para a diretora-presidente do Iepa, Marlene Souza, a visita marca o início de uma relação que vai ajudar, entre outras coisas, na ampliação do alcance das ações do instituto no Amapá. "Com o apoio da Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça, vamos poder contribuir ainda mais com a sociedade através das pesquisas", finalizou Marlene Souza.



Fotos: Gerson Barbosa

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS