Por Emerson Renon
13/05/2019 - 09:19:02 - atualizado em 13/05/2019 às 16:16:37

Síndrome da fibromialgia é debatida na Assembleia Legislativa

01

A Assembleia Legislativa abre o plenário para a discussão sobre à síndrome da fibromialgia. O assunto está sendo debatido em audiência pública, promovida pelo deputado Diogo Sênior (PMB), nesta segunda-feira (13/5/2019). Profissionais da saúde e especialistas sobre a doença participam do debate. Segundo o parlamentar a fibromialgia não tem cura, mas é possível fazer o controle.

"A fibromialgia é uma doença crônica provocada por dores fortes em todo o corpo e por tempo contínuo", revela o deputado. "Causa sensibilidade nas articulações, nos músculos e nos tendões e m outros tecidos moles", arremata.

Ainda de acordo com Diogo Sênior as causas são desconhecidas, mas ocorrem por meio de uma alteração da interpretação dos estímulos recebidos pelo cérebro. O tratamento, que exige cuidados multidisciplinares, tem-se mostrado eficaz no controle da doença. "O tratamento é feito basicamente com uso de analgésicos e anti-inflamatórios associados a antidepressivos", conta.

O deputado diz ainda que atividade física ajuda a minimizar as dores. Por todas essas dificuldades, o deputado diz que a audiência tem como proposta conscientizar e orientar a população quanto ao enfrentamento à síndrome da fibromialgia. "É importante alertamos a todos e, principalmente, a família sobre a fibromialgia e como podemos contribuir para que o paciente com à síndrome possa controlar a doença e ter uma vida mais tranquila e sem sofrer com o preconceito", sustenta.  

Fotos: Emerson Renon

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS