Por Everlando Mathias
30/05/2019 - 09:43:37 - atualizado em 31/05/2019 às 16:57:28

Em reunião extraordinária, Comissão da Criança e do Adolescente aprova ciclo de palestras sobre abuso sexual

10

A Comissão da Criança, do Adolescente e de Assistência Social (CCA) da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Diogo Senior (PMB), aprovou em sessão extraordinária a realização de um ciclo de palestras a ser ministrado pela Escola do Legislativo aos alunos da rede estadual de ensino sobre o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, que deverá ser realizado no plenário da Casa, no dia 24 de junho. "É importante levar para dentro das escolas esse tema e ser discutido com professores, pais de alunos para conscientizarmos a todos quanto ao problema", defende o deputado Dr. Jaci (MDB).

A deputada Cristina Almeida (PSB), mostrou preocupação com o crescimento da violência praticada contra as crianças, principalmente dos autores. Dados mostram que na maioria dos casos o crime é cometido por pessoas que "vivem dentro da casa das vítimas". ?Confiar em quem??, questinou a parlamentar, elogiando a iniciativa. ?Precisamos dar um tratamento diferenciado para este tema?, comentou.

O presidente da comissão, deputado Diogo Sênior, lembrou que o 18 de maio foi uma data marcada pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. "O combate e punição devem ocorrer após encaminhamento das denúncias, mas não podemos deixar de lado a mais importante ação contra esse tipo de violência: a prevenção", destacou o presidente.

Atendendo pedido da Associação de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Estado do Amapá (ACET), os membros da comissão aprovaram uma agenda de visita aos conselhos tutelares do Estado, onde será averiguado a falta de espaço para atendimento da clientela infanto-juvenil.
De acordo com a ACET, alguns concelhos tutelares estão com a estrutura parcialmente interditada por não oferecer segurança à população e aos funcionários.

Para Diogo Sênior é preciso fortalecer os órgãos do Conselho Tutelar, visto a relevância do mesmo no combate aos crimes contra à criança e o adolescente. "Vamos realizar um levantamento e de posse do material estaremos apresentando ao ministro dos Direitos Humanos, em Brasilia para ver uma forma de ajudar os conselhos tutelares do Amapá", explicou Diogo Sênior.



Fotos: Gerson Barbosa

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS