Por Emerson Renon
31/05/2019 - 16:29:23 - atualizado em 03/06/2019 às 16:31:24

CMA debate com representantes das cidades do Vale do Jari para buscar ações e estratégias para evitar, no futuro, novas enchentes

12

Vale do Jari (AP) - Após tomarem conhecimento sobre os trabalhos desenvolvidos pelos municípios quanto à assistência às pessoas atingidas pelas enchentes no Vale do Jari, o presidente da Comissão de Meio Ambiente (CMA) da Assembleia Legislativa, deputado Dr. Victor (REDE) e as deputadas Telma Gurgel (PRP) e Telma Nery (PSDB) debatarem com os representantes das cidades que compõem o Vale do Jari, para juntos buscarem ações e estratégias para, no futuro, evitar enchentes.

A intenção foi discutir, principalmente, a questão ambiental, e implementar projetos que facilitem a gestão tanto em Laranjal quanto em Vitória do Jari.

"O objetivo é fazer a aproximação das instituições que atuam nesse segmento e elaborar planejamento de ações para que as instituições tenham condições de executarem os projetos traçados para a melhoria na qualidade de vida dos moradores, principalmente, em relação a questão ambiental", disse Dr. Victor.

No encontro, os parlamentares procuraram entender as causas que podem ter provocado os alagamentos em diversos bairros na região, e ter conhecimento dos projetos trabalhados pelos municípios na questão ambiental. Dois fatores chamaram a atenção: o primeiro foi quanto às lixeiras viciadas, criadas pelos próprios moradores. O segundo foi sobre o assoreamento do rio Jari, considerado o mais determinante para o transbordamento do rio.

"O trabalho era mantido pela Jari Celulose, mas o serviço foi suspenso o que tem provocado o assoreamento do rio, uma vez que temos um solo arenoso", revelou o secretário municipal de Meio Ambiente e Turismo (Semmatur) de Laranjal, Marcelo Sarraf. "Não sabemos as razões da suspensão dos trabalhos", contou.

A revelação surpreendeu a comissão. "É preciso saber qual a razão para a interrupção no serviço; é um trabalho essencial e que deve ser retomado o quanto antes para evitar novos transbordamentos, uma vez que a cada ano às chuvas ficam mais intensas", argumentou Dr. Victor.

Quanto ao lixo, uma das alternativas apresentada pela CMA para melhorar o acondicionamento do lixo seria a construção de um aterro controlado para atender as cidades de Laranjal e Vitória do Jari. Mas a possibilidade de um consórcio conjunto acabou sendo descartada por conta das dificuldades de acesso ao local, uma vez que a área a ser escolhida iria prejudicar um dos dois municípios.

"Seria o ideal, mas infelizmente não será possível justamente por conta deste entrave que é o acesso ao local onde o aterro poderia ser construído. A saída é ajudar na intermediação junto a bancada federal para que as cidades possam ter acesso aos recursos necessários para a construção dos aterros", disse a deputada Telma Nery, após tomar conhecimento dos estudos iniciados pela Secretário de Meio Ambiente de Vitória do Jari.

Marcelo Sarraf, tambem, adiantou aos parlamentares que o município já trabalha para, no futuro, ter o aterro controlado. "É uma grande barreira, infelizmente, e isso nos levou a fazer os estudos para outro ponto em nossos limites e sabemos que isso requer um alto investimento e vamos precisar do apoio do parlamento para buscarmos recursos fora", destacou.

Sobre as lixeiras viciadas, o secretário municipal de Meio Ambiente e Turismo de Laranjal contou que tem recebido apoio da população por meio de aplicativos. "Os moradores tiram fotos dos locais onde pessoas jogam lixos, e isso contribui para a retirada dos dejetos: além disso, elas também denunciam os sujões", disse.

13Para a deputada Telma Gurgel a parceria é primordial para melhorias no serviço público. "É importante que as instituições juntas projetem políticas públicas para o desenvolvimento de trabalhos conjuntos ou mesmo que possibilitem as cidades a terem acessos a recursos para a execução de seus planejamentos. É preciso inserir e conscientizar até mesmo os moradores para que entendam que eles são os mais beneficiados com os projetos", salientou a parlamentar.

Fotos: Emerson Renon

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS