Por Everlando Mathias
14/08/2019 - 00:06:51 - atualizado em 14/08/2019 às 00:07:41

Comissão aprova parecer que define a Semana Estadual das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde

04

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (13/8/2019), a Comissão de Saúde (CS) da Assembleia Legislativa aprovou o parecer do Projeto de Lei nº 0075/2019-AL, de autoria de autoria do presidente da comissão, deputado Dr. Negrão (PP), que institui no Amapá a Semana Estadual das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS). O parecer recebeu o voto favorável do vice-presidente da CS, deputado Paulinho Ramos (PL), deputado Dr. Victor (REDE) e Dr. Jaci (MDB).

De acordo com o autor, o projeto tem o objetivo de divulgar as práticas integrativas e complementares no Sistema Único de Saúde (SUS), seguindo as normas da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no Estado do Amapá, a ser realizada na primeira semana do mês de maio.

O deputado Dr. Negrão destacou que o atendimento já é realizado pelo Estado. Essas práticas estão entre os tratamentos disponibilizados na Atenção Básica em dez municípios que utilizam recursos terapêuticos, baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para tratar e prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão.

As terapias estão presentes em 9.350 estabelecimentos em 3.173 municípios brasileiros, sendo que 88% são oferecidas na Atenção Básica. Atualmente, a acupuntura é a mais difundida com 707 mil atendimentos e 277 mil consultas individuais.

O deputado Dr. Jaci destacou que até o momento a comissão ainda não realizou nenhuma visita técnica as unidades de saúde em Macapá, e solicitou do presidente da CS, que fosse agendada visitas as unidades de saúde nos municípios do Amapá. ?As visitas têm por objetivo colher informações para ajudar os gestores da saúde pública na solução de alguns problemas e necessidades?, frisou o deputado, acrescentando que a saúde pública vive momentos difíceis.

O deputado Paulinho Ramos sugeriu uma visita ao Centro de Especialidade e Diagnóstico de Pedra Branca do Amapari. A unidade de saúde que vai atender usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com a realização de exames de média e alta complexidade dos municípios de Serra do Navio, Porto Grande, Ferreira Gomes, Cutias, Calçoene, Amapá, Tartarugalzinho e Itaubal.

?Pegamos como exemplo esse centro e possamos a sugerir a construção de uma unidade para atender a população das regiões Norte e Sul do Estado. Será um avanço para a saúde pública amapaense e para a Comissão de Saúde da Casa?, destacou o vice-presidente.



Fotos; Gerson Barbosa

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS