Por Agência Assembleia
07/09/2019 - 14:16:20 - atualizado em 07/09/2019 às 14:16:47

Comissão de Saúde constata atrasos e avanços entre os hospitais públicos nos municípios

02

Os deputados da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa estiveram nos municípios de Serra do Navio, Pedra Branca e Porto Grande. A meta foi diagnosticar a real situação do quadro da saúde na região. O trabalho foi realizado no período de 3 a 5 deste mês. Nesse período, os parlamentares Dr. Negrão (PP), presidente da comissão, Dr. Jaci (MDB), Paulinho Ramos (PL) e Dr. Victor (REDE), tiveram acesso ao modelo gestão adotado por cada unidade de saúde.

Dos três municípios por onde passaram, Serra do Navio foi o que apresentou o estado mais crítico. Além de não contar com UBS, o hospital conta com o quadro reduzido de profissionais para realizar todo tipo de assistência, inclusive as que deveriam ser feitas em UBS.

?Percebemos que as condições são bem diversificadas, principalmente, em relação a atendimento e compreendemos que o Estado precisa intervir e oferecer suporte para que cidades como Serra do navio possam ofertar uma assistência aos pacientes de qualidade?, enfatizou o presidente da CSA, deputado Dr. Negrão.

A pouco quilômetros de Serra do navio, Pedra Branca passa por situação oposta. Conta com uma estrutura melhor. Possui um Centro de Especialidade e Diagnóstico todo equipado com raio-x, tomógrafo e salas de atendimento odontológico, que ainda precisa cumprir com algumas exigências para entrar em funcionamento.

?Diferente de Serra, onde a estrutura é antiga e deficitária, em Pedra Branca percebemos que há um avanço significativo, principalmente por conta do Centro de Especialidade e Diagnóstico com tomógrafo, ultrassom, raio-x, quatro consultórios odontológicos e isso vai fazer da cidade uma referência no estado?, comparou o deputado Paulinho Ramos.

Outro fator que chamou atenção da comissão foi a validade dos medicamentos. Segundo Dr. Jaci, a data de validade está próxima do vencimento e isso pode acarretar prejuízo, principalmente, aos pacientes. "É preocupante, alguns devem vencer antes mesmo que chegar ao paciente. É preciso ter um estudo dos medicamentos mais prescritos pelos médicos para que o abastecimento seja feito do mais ao menos usado e com validade maior", ressaltou.

Em Porto Grande a obra pela qual passa o hospital, reforma e ampliação, deixou os parlamentares animados com a possibilidade de atender uma demanda maior e ofertar um serviço de qualidade, justamente por conta das melhorias ela qual passa a unidade de saúde. Mas, os deputados compreendem que ainda assim, é necessário uma atenção ao município, principalmente, para melhorar as condições de funcionamento da UBS.

?Precisávamos fazer essa peregrinação por estes municípios, pois podemos conhecer e diferencias as reais condições em que eles se encontram e como estão funcionando; diante do que presenciamos temos condições de apresentarmos alternativas para que os municípios possam ofertar um serviço mais qualificado a população?, enfatizou Dr. Victor.

Os relatos foram passados pelos profissionais e administradores das unidades de Saúde de cada município. Todos os problemas, assim como os avanços, irão compor um relatório que será preparado e apresentado ao Governo do Estado e ao Conselho Regional de Medicina (CRM), para que juntos com a Comissão de Saúde possam encontrar alternativas para auxiliar as cidades para que possam ofertar uma saúde melhor aos moradores da região.

Fotos Carlos Magno

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS