Por Gilberto Pimentel
05/12/2019 - 08:46:25 - atualizado em 05/12/2019 às 09:40:42

"Ajudou a melhorar nossa renda", comemora aluna do projeto Capacitar para Transformar

01

Aos 42 anos, Ediana Leite Avelino vive com o marido - desempregado - e dois filhos. A renda da família vem da venda de salgados e, nos últimos dias, ganhou um reforço com a comercialização de sobremesas natalinas, que aprendeu a produzir no projeto Capacitar para Transformar, uma parceria entre a Assembleia Legislativa e o governo do Estado. "Eu faço e vendo na porta de casa. E tenho vendido bastante; ajudou a melhorar nossa renda", comemora Ediana.

O projeto é executado pela Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) com apoio da Frente Parlamentar de Incentivo à Capacitação, Primeiro Emprego e Economia Solidária (FPICE) da Alap.

Nesta quarta-feira (4/12/2019), no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em Macapá, ocorreu a entrega de certificados para 153 pessoas que participaram da segunda etapa do Capacitar para Transformar.

"A Assembleia Legislativa cumpre o seu papel social, com esse olhar para o outro, para o próximo. E não são apenas as oficinas; existe a preocupação com a orientação e a formalização desses empreendedores, para que possamos ajudar na geração de emprego e renda no nosso Estado", explicou a deputada estadual Aldilene Souza (PPL), vice-presidente da FPICE.

Nesta segunda etapa, que ocorreu em novembro deste ano, foram ofertadas 11 oficinas, como Papai Noel na lata, Papai Noel em biscuit, sacola de tecidos, guirlandas, prendedor de guardanapos, dentre outros. A dona de casa Sandra Maria Paes, 63 anos, participou de oito oficinas e garante que as técnicas aprendidas agregarão valor ao material que já produz.

"Eu já fazia algumas peças, apenas vendo as pessoas fazendo, sem orientação alguma. Agora, terei a oportunidade de dar um acabamento melhor e mais qualidade às minhas peças", considerou.

A primeira etapa foi realizada no mês de setembro, com 138 participantes. Entre os dias 20 e 22 de dezembro, todos os atendidos pelo projeto poderão participar do Feirão Natalino, que será realizado em frente à Casa do Artesão, em Macapá.

A Sete vai destinar um espaço exclusivo para que eles possam comercializar seus produtos. "É mais uma forma de reconhecimento e valorização dessas pessoas que se dedicam a aprender e a produzir", afirmou Marcela Chesca.

Diante do sucesso em 2019, a deputada Luciana Gurgel (PL), presidente da FPICE, anunciou a manutenção da parceria para o ano que vem. "Vamos continuar com esse trabalho de qualificação para estimular o empreendedorismo. Em breve, vamos anunciar quando vão ocorrer as novas oficinas", finalizou Luciana.

A Frente Parlamentar de Incentivo à Capacitação, Primeiro Emprego e Economia Solidária também é formada pelos deputados Telma Gurgel (Podemos), Diogo Senior (MDB) e Charly Jhone (PL).

Fotos: Kitt Nascimento

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS