10/12/2019 - 09:08:45

Empresário Paulo Lisboa será sabatinado hoje na Assembleia Legislativa

Ao discursar na tribuna da Assembleia Legislativa do Amapá, na sessão de ontem (5), o presidente da Casa deputado Jorge Amanajás (PSDB), disse que os parlamentares amapaenses, estão sendo vítimas de armações eleitorais. Tomando como exemplo a vitória em todas as instancias judiciais da deputada Francisca Favacho (PMDB), acusada de crime eleitoral, numa ação impetrada no Ministério Público Eleitoral, ele disse estar preocupado com as armações e as denúncias vazias, e que tem discutido o assunto com os magistrados do Tribunal Eleitoral (TRE/AP).

Jorge Amanajás solicitou para hoje (6) a presença em plenário do gerente geral da Ecometals Mineração no Amapá, Paulo Lisboa, para que os parlamentares possam tirar as duvidas em relação a denuncia de um forte esquema de pagamento de “royalties” aos deputados estaduais. As informações estão contidas no depoimento prestado na Promotoria de Investigações Cíveis e Criminais (PICC), do Ministério Público Estadual, e correm sob segredo de Justiça, mas foi divulgada num jornal de circulação local. “Quero assistir junto com os deputados, aqui no plenário a suposta gravação da denuncia. Porque se houver culpe desse poder, nós vamos assumir e tomar as providencias. Caso contrário, também tomaremos as ações na forma da lei para que se restabeleça a ordem no que se refere ao Poder Legislativo do Amapá. Em hipótese nenhuma, aceitaremos que esse poder seja achincalhado, se não houver algo que possa justificar tal atitude”, garantiu.

Na última semana o presidente e o primeiro-vice, Dalto Martins (PMDB) visitaram o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado Amapá (MPEA) Iaci Pelaes e o presidente do Tribunal de Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) desembargador Dôglas Evangelista Ramos, com o objetivo de buscar informações acerca das investigações de denúncias envolvendo a Casa, feitas pelo empresário da mineração e publicadas num jornal de circulação local.

De acordo com o deputado Jorge Amanajás, é uma questão de honra esclarecer os fatos junto à sociedade amapaense.

Em aparte no pronunciamento do deputado Jorge Amanajás, vários parlamentares apoiaram a iniciativa do presidente em defender a honra da Casa e esclarecer os fatos junto à sociedade amapaense.

O parlamentar informou que foi comunicado pelo procurador geral, Iaci Pelaes do Ministério Público, de que não há nenhum processo tramitando com acusação contra a Assembleia Legislativa ou deputado. “Isso já me tranqüiliza e me dá a garantia que estamos fazendo o certo. Acho que o feitiço ta virando contra o feiticeiro”, finalizou.

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS