21/05/2020 - 17:09:09

Comissão propõe termo técnico entre estado e São Camilo para garantir medicamentos para o enfrentamento ao novo coronavírus

ALAP

A medida adotada pelos integrantes da Comissão da Covid-19 da Assembleia Legislativa é para garantir o protocolo de atendimento precoce, na luta pelo achatamento da curva de infecção e mortes pelo novo coronavírus no Amapá. De acordo com o texto, o estado repassaria ao São Camilo parte do recurso destinado ao enfrentamento da pandemia para a compra dos medicamentos.

A propositura apresentada pelo deputado Junior Favacho (DEM), em reunião extraordinária por videoconferência nesta quinta-feira (21/5/2020), foi acompanhada pelos parlamentares Max da AABB (SD), Paulinho Ramos (PL), Jesus Pontes (PTC), Jack JK (Cidadania), Aldilene Souza (PPL) e Cristina Almeida (PSB).

"A intenção é garantir condições para que o governo possa concretizar as compras de insumos e equipamentos para intensificar o combate à pandemia", contemporizou Júnior Favacho. "Sabemos que o empresariado está inseguro para fornecer insumos ao estado, o São Camilo, por ser uma entidade particular, pode conseguir efetuar a compra e repassar ao governo para manter as farmácias abastecidas", sustenta.
 
Os parlamentares, também, aprovaram a criação de uma conta judicial para garantir a compra de medicamentos e equipamentos pelo Governo do Estado. A iniciativa, também, defendida pela deputada Edna Auzier (PSD), pode contribuir para o abastecimento das farmácias dos hospitais. ?São alternativas apresentadas pelo parlamento para a manutenção do tratamento adequado dos pacientes e, consequentemente, o achatamento da curva de infecção e óbitos no estado?, defendeu a comissão.
 
Requerimentos
 
Outro requerimento aprovado, de autoria da deputada Aldilene Souza (PPL), que solicita informações do Governo do Estado de quando será equipado e a data do início das atividades do Hospital Universitário (HU) para o tratamento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus no Amapá.
 
A requisição é com base na informação do assessor da presidência do Senado, Jardel Nunes, que garantiu aos parlamentares que até domingo desembarcam na capital 100 leitos, 30 respiradores, 30 monitores, 120 bombas e insumos. Além disso, está prevista a chegada de aproximadamente 180 profissionais da saúde (20 médicos intensivistas, 20 enfermeiros, 20 fisioterapeutas e mais de 100 técnicos de enfermagem) para atuarem na unidade, no combate à pandemia da Covid-19.
 
Os parlamentares aprovaram, ainda, o requerimento, também, de autoria da deputada Aldilene Souza, requer ao Governo do Estado que envie à comissão o relatório atualizado de todos os recursos capitados, recebidos, por meio de emendas, e de recursos utilizados do tesouro estadual para o combate da pandemia no Amapá.
 
Pela propositura, as informações prestadas deverão ser detalhadas e atualizadas. Atualmente, de acordo com o ranking divulgado nesta quinta-feira (21) pela Transparência Internacional, o Amapá aparece como regular e ocupada à décima quinta posição. Entre as prefeituras, Macapá ocupa a vigésima segunda posição na divulgação de contratações emergências feitas durante a pandemia de Covid-19.
 
Na avaliação da ONG, o nível de transparência oferecido pelos estados e municípios está abaixo do recomendado. O que dificulta a fiscalização.

Foto: Ermano Maduro



Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS