Por Jane Barbosa
29/09/2021 - 17:02:00 - atualizado em 29/09/2021 às 17:09:58

Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça firmam parceria para a realização de casamentos comunitários

WhatsApp Image 2021-09-29 at 16.21.54

O presidente Kaká Barbosa (PL) recebeu nesta quinta-feira (29/9/2021), na sala da presidência da Assembleia Legislativa, o Juiz de Direito, Fabio Santana, que há três anos coordena o projeto Casamento Comunitário.

"Fico muito feliz com a presença do dr. Fábio. Sinto-me agraciado com a chegada de um membro do Tribunal de Justiça que vem a esta Casa de Leis especialmente entregar o convite a cada parlamentar para participarem deste evento. Esperamos que esta parceria permaneça por muitos anos realizando o sonho desses casais que desejam se unir em matrimônio", declarou o Presidente Kaká Barbosa

Após um período sem realizar o casamento comunitário, devido a pandemia, a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça voltam a concretizar este sonho na vida de muitos casais que não teriam condições financeiras para oficializar a união.

"A Assembleia Legislativa é parceira do Tribunal de Justiça nesse projeto que tem trazido muitas alegrias às famílias carentes, que não tem condições financeiras. E estava suspenso por conta da pandemia, mas agora vamos retomar a realização destes eventos. Estamos muito felizes em realizar este projeto, porque a família nasce primeiramente no coração de Deus e depois nos nossos corações. Fico feliz de há três anos estar na coordenação deste projeto", disse o juiz Fábio.

Neste ano de 2021, serão realizados dois casamentos comunitários. O primeiro com 55 casais, que acontecerá no bairro Marabaixo. O segundo, com 80 casais, ocorrerá na igreja Assembleia de Deus a Pioneira.

O objetivo deste projeto é primeiramente promover a regularização jurídica de casais que vivem maritalmente, mas que não oficializaram junto ao poder público sua união, por falta de condições financeiras. E em segundo, resgatar sonhos e a autoestima destas pessoas que decidiram, por livre e espontânea vontade, se unirem em matrimônio.

Na oportunidade, o juiz Fábio Santana, entregou um exemplar do livro "Viva um Casamento acima da média", ao Presidente Kaká Barbosa. Esta obra nasceu da experiência a frente da coordenação do projeto casamento comunitário e foi construído por ele e por sua esposa.

"A gente não tem que casar somente, mas viver o melhor do casamento e é disso que o nosso livro trata, de como viver um casamento acima da média", enfatizou o juiz Fábio Santana.


Fotos: Gerson Barbosa/Kitt Nascimento

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS