Por Raquel Coutinho
25/11/2021 - 11:25:38 - atualizado em 25/11/2021 às 17:20:21

Deputada Edna Auzier é eleita presidente do Parlamento Amazônico

WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.27.57

A deputada estadual amapaense Edna Auzier (PSD) é a mais nova presidente do Parlamento Amazônico. Ela foi eleita por aclamação e vai comandar a entidade até 2022. A escolha aconteceu na quarta-feira (24), no primeiro dia da 24ª Conferência da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), que acontece em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

O Parlamento Amazônico é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, que reúne parlamentares das Assembleias Legislativas dos estados do Amapá, Acre, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia e Tocantins.

Além da presidente, deputada Edna Auzier, a entidade conta também como membro da mesa diretora o deputado Jory Oeiras (DC), que assumiu a tesouraria do Parlamento. "Estou muito feliz em poder compor essa entidade que luta para o bem-estar e o desenvolvimento da Amazônia Legal, e tenham a certeza que faremos o nosso melhor para desempenhar", afirmou o parlamentar.

O deputado Paulinho Ramos (PL) é o secretário de saúde do grupo. "A reponsabilidade é grande, mas a vontade de trabalhar também, tenho certeza que todos os deputados do Amapá que compõem essa nova administração foram escolhidos pelo bom desempenho em trabalhos desenvolvidos no Amapá", avaliou Paulinho Ramos.

A deputada Cristina Almeida (PSB) vai comandar a secretaria de relações internacionais. "Nossa escolha foi baseada no trabalho que já desempenhamos na fronteira do Amapá, a Região Norte do Brasil tem o maior número de fronteiras com outros países, e eu fiquei muito feliz e motivada em poder contribuir na administração da deputada Edna Auzier com aquilo que eu sei fazer", assegurou Cristina.

Para assumir a secretaria da mulher do Parlamento Amazônico, outra deputada do Amapá foi escolhida: Aldilene Souza (PPL) vai levar o conhecimento dela com trabalhos que envolvem o bem-estar das mulheres para dentro do Parlamento. "Nós, mulheres, temos um diferencial, sabemos fazer várias coisas ao mesmo tempo. Isso mostra o empoderamento e é isso que eu quero trabalhar dentro dessa nova administração; a presidente deputada Edna Auzier pode contar comigo sempre", afirmou a deputada.
Ao todo são 23 membros entre mesa diretora, conselho fiscal e secretarias temáticas e cinco deles são deputados da Assembleia do Amapá, parlamentares que aceitaram o desafio de lutar em prol do desenvolvimento econômico na Amazônia Legal.

"Todos juntos podemos mudar o que precisa ser mudado, eu agradeço a cada parlamentar da Assembleia Legislativa do Amapá, que me apoiou e se colocou à disposição para, juntos, fazermos uma administração diferenciada dentro do Parlamento Amazônico", afirmou a nova presidente, deputada Edna Auzier.

Fotos: Carlos Magno

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS