Por Emerson Renon
29/11/2021 - 11:36:29 - atualizado em 03/12/2021 às 18:33:38

Evangélicos são homenageados no plenário da Assembleia Legislativa

WhatsApp Image 2021-11-29 at 11.30.02 (1)

Evangélicos de diversas congregações receberam o certificado em homenagem pela passagem do Dia do Evangélico, comemorado no dia 30 de novembro. A honraria é o reconhecimento a comunidade protestante pela evangelização no Estado do Amapá. A Sessão Solene realizada nesta segunda-feira (29/11/2021), foi presidida pelo deputado Pastor Oliveira (Republicanos), que considerou a data é um marco importante na vida de quem leva a evangelização e trabalha pela humanização.

"É um dia importante a todos nós e a homenagem a todas as lideranças evangélicas do nosso estado reconhece a importância de cada um dos senhores para o estado. Bispo, Apóstolo, Diáconos, Apóstolos onde cada um de nós colocamos a nossa avida à disposição de Deus para sermos usados como instrumentos para que a palavra de Deus possa ser levada as pessoas que estão sofrendo e passado por esse momento conturbado e que se encontram desorientadas e por meio da palavra possam se reencontrar. A palavra de fé, amor, esperança possam transformar suas vidas e que elas se aproximem de Deus", destacou o pastor Oliveira.

Diante dos evangélicos, o deputado voltou a explicar porque solicitou aos governos estadual e municipal que as igrejas fossem mantidas abertas no período mais crítico da pandemia. "A igreja é um local de refúgio onde as pessoas poderiam procurar por ajuda no momento de desespero de falta de orientação e encontrar na palavra esperança e conforto", justificou. "Muitos não entenderam a nossa intervenção para que as igrejas permanecessem abertas. Mas naquele momento as pessoas precisavam de apoio, de ajuda, de orientação para que elas recebessem esse alento e pudessem compreender o que realmente acontecia e continuar a acreditarem na vida e na transformação. Por essa razão, as igrejas não poderiam ficar fechadas", complementou.
WhatsApp Image 2021-11-29 at 11.30.02
O legislador revelou aos participantes que apresentou o Projeto de Resolução que altera a resolução 124 de 25 de junho de 2013, a qual cria e regulamenta a Concessão de Títulos Honoríficos Pela Assembleia Legislativa do Estado do Amapá, Instituindo o Título de Mérito Legislativo "Pastor Otoniel Alves de Alencar". A alteração é o reconhecimento a quem tanto fez pela evangelização. "Ficou emocionado com a homenagem e confesso que não esperava ouvir o nome do meu pai. Ele foi o pai de uma multidão de pastores e apóstolos e hoje nós somos um legado por ele deixado", disse o pastor Orley Alencar.

A revelação foi parabenizada pelos homenageados. Para a Apóstola Simone Palheta a propositura é apresenta em um dia significativo pelo o que ele representa e reforça a todos a refletir sobre o estado que se deseja. "Quando nós entendermos que devemos nos unirmos não somente de forma espiritual, mas também política, teremos uma compreensão melhor sobre o nosso papel. Eu tenho um sonho de ver o Brasil rendido aos pés do Senhor. Precisamos nos unir e refletirmos sobre o futuro que queremos para o Amapá e para o Brasil", disse.

O apóstolo Kelson Abraão deu continuidade ao discurso. "Não podemos desistir de nossos sonhos. Não podemos desistir do Amapá e do Brasil. Há esperança mesmo com todas as dificuldades que afetam a terra. Eu creio e irei continuar pregando que há esperança e o nome dela é Jesus?. Para a pastora Samara Matos o evangélico é o agente que pode fazer a diferença na terra. ?Fomos chamados para fazer algo de diferente. Ninguém pode fazer o que você nasceu para fazer e somos agentes de transformação aqui na terra. E hoje, com todas as forças, agarro esse conhecimento que Deus colocou em nós para promover a transformação e somos conhecedores da importância do evangelho na vida das pessoas e o quanto ele tem influenciado de forma positiva em todas as esferas sociais de forma extraordinária", assegurou.

Fotos: Gerson Barbosa/Kitt Nascimento

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS