16/04/2018 - 07:59:01 - atualizado em 16/04/2018 às 07:59:51

Potencialidades do Amapá no setor mineral serão apresentadas à população do estado

11

Numa reunião com a diretoria do Serviço Geológico do Brasil, em Belém (PA), membros das comissões permanentes de Indústria, Comércio, Minas e Energia (CIC) e de Administração Pública (CAP) da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) convidaram a empresa para apresentar as potencialidades do estado no setor mineral para a população amapaense. Advinda da razão social Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), o Serviço Geológico do Brasil já desenvolve um trabalho de pesquisa no Amapá desde a década de 70.

08No acervo, feito pelos geólogos em três projetos já concluídos, mostra uma variedade de minérios ainda desconhecidos pela população. "O Amapá é um território rico. Fico triste por ver um estado com uma riqueza tão grande com um povo tão pobre", diz o gerente de Geologia de Recursos Minerais, o geólogo César Chaves, que faz parte do processo de pesquisa de recursos minerais no Amapá.

13O presidente da CIC, deputado Augusto Aguiar (MDB), ressalta que será uma oportunidade para a população conhecer o que o Amapá tem de melhor para desenvolver economicamente. ?Quero, desde já, incentivar a comunidade acadêmica e todos os especialistas da área para participar desse momento que será muito importante para o nosso setor mineral. Os técnicos da CPRM têm uma Cartografia da Amazônia que aponta que o estado é rico em minérios que nem conhecemos e que podem contribuir diretamente com a vida de cada um que vive no Amapá", relata.

12A explanação dessa pesquisa será numa reunião ampliada, promovida pela Assembleia Legislativa, no plenário provisório do Parlamento, localizado na Av. FAB. "Nossos técnicos, Toni Soares e Dilcilene Ferreira, definirão de que forma e quando ocorrerá esse evento, que tenho certeza de que contribuirá com o conhecimento de muitos que desconhecem a importância desse setor para o desenvolvimento de um estado. Temos grandes exemplos no Brasil, como o próprio Pará. Já está na hora dos nossos dezesseis municípios crescerem economicamente, de deixar essa política de dependência do Estado e avançar em outras áreas", avalia o presidente da CAP, deputado Fabrício Furlan (PCdoB).

?Ficamos felizes que o povo do Amapá, por meio de seus representantes, tem interesse em saber e de dar importância ao nosso trabalho. Temos o conhecimento dos segmentos minerais do estado e é hora destes influenciarem diretamente no desenvolvimento social e, principalmente, econômico desse estado tão novo e rico?, relata o superintendente da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, Homero Reis Júnior.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - Alap
Texto: David Diogo
Fotos: Gerson Barbosa
Portal: al.ap.gov.br
Blogger: casadeleis.blogspot.com
Facebook: Assembleia Legislativa do Amapá
Instagram: alap.oficial
TV Assembleia: 57.2
Rádio Assembleia: 93.9 FM

Facebook Twitter Google+ Email Addthis
DEPUTADOS