BUSCAR NOTÍCIAS

Comissão de Administração Pública faz inspeção no município de Amapá.
NOTÍCIAS Enviada em 19/05/2017 - 18:27:29
Manchete
Comissão de Administração Pública faz inspeção no município de Amapá.
FacebookTwitterGoogle+EmailAddthis
007O Presidente da Comissão Permanente de Administração Pública da Assembleia Legislativa, deputado Fabrício Furlan (SD), acompanhado de técnicos daquela Comissão, realizou visita de inspeção a órgãos estaduais no município de Amapá, nesta quarta-feira (18).

008O parlamentar iniciou sua visita pelo pelotão da Polícia Militar sediado na cidade, onde foi recebido pelo comandante em exercício, sargento Fábio, que mostrou as instalações do prédio e falou sobre a sua precariedade. No local, o deputado encontrou-se ainda com o presidente da Associação do Militares do Estado do Amapá (Asmeap), tenente CB Helielson Machado, em visita ao município.

Alojamento PMEntre as maiores dificuldades enfrentadas pelos militares, estão, o contingente reduzido, as péssimas condições do prédio do pelotão, principalmente o alojamento dos militares, a precariedade da casa de armas e a insuficiente cota mensal de combustíveis de cerca de 100 a 200 litros de gasolina.


009?Estamos funcionando com muitas dificuldades, a começar pelo nosso contingente de apenas 8 homens. Diante disso, torna-se necessário o revezamento, ou escalas extras, para compor uma guarnição mínima de 3 policiais. Em certas ocasiões essas escalas extra se tornam exaustivas para o policial e podem até comprometer a eficiência do PM. Nossos equipamentos de ar condicionado foram danificados por queda de energia elétrica o que acabam impedindo a presença de alguns policiais que preferem permanecer em outros imóveis?, declarou o sargento.


Em seguida, o sargento Sávio reivindicou o que, acredita, ser necessário para o bom funcionamento da Policia Militar no município, e elogiou a iniciativa do Parlamento amapaense de inspecionar todos os setores da administração pública no Estado. ?Para que o serviço policial militar seja considerado de excelência para comunidade, seria, a princípio, o aumento do efetivo militar para que os policiais possam exercer seu trabalho com eficiência e terem o descanso devido. A visita do deputado Furlan vem em boa hora, pois o serviço público tem deixado a desejar em todos os níveis e o Poder Legislativo, em sua função de fiscalizar o serviço público, está fazendo um grande trabalho, garantindo a dignidade do servidor público, seja ele civil ou militar?, concluiu.


010Para o presidente da ASMEAP, tenente Helielson, a presença do parlamento no município representa um avanço e renova as esperanças em dias melhores. ?É importante a presença da Assembleia Legislativa aqui no Amapá, para mostrar a situação que os nossos militares estão enfrentando em razão do reduzido efetivo. A presença do deputado Furlan nos dá a sensação de estarmos bem representados e faço votos de que esta iniciativa renda frutos. Que seja cobrado do Governo do Estado o cumprimento do direito da população?, avaliou.


Em sua inspeção ao prédio da PM, o deputado Fabrício Furlan constatou vária irregularidades e a existência de uma possante lancha, doada à PM, equipada com dois motores de 150 HP, cada, que seria utilizada no policiamento fluvial se fosse adquirida uma bateria e tivesse combustível suficiente.


014 ?Verifiquei que esta obra foi inaugurada em 2007 e não tem recebido a manutenção necessária. Esses militares estão trabalhando de forma precária e não estão tendo seus direitos respeitados. Não tem viatura para condução de presos. Eles são transportados na mesma viatura que leva os policiais, oferecendo até mesmo perigo de vida. Verifiquei, também, que aqui existe uma lancha que poderia ser utilizada no combate a crimes de tráfico de drogas e de pirataria nos rios do município. Sobre o prédio, constatei que não reúne condições humanas de acomodação, pois não tem ar condicionado, não tem beliches nem colchões.


012O banheiro foi transformado em depósito. Uma caixa d?agua, cujas bombas sempre dão problemas e um poço que nunca foi limpo. O combustível é insuficiente para que o policiamento seja estendido às comunidades do entorno da cidade, como as comunidades de Pequiá e Cruzeiro, entre outras. Enfim, não existem condições nenhuma, sejam elas, de estrutura física, ou de pessoal?, constatou.

013Em seguida, a comitiva dirigiu-se à delegacia da Polícia Civil, onde foi recebida pelo delegado Tito Guimarães, que também reclamou das péssimas condições do prédio, cujas celas não apresentam condições segurança para custódia de prisioneiros. Uma delas, está sendo usada para armazenamento de combustíveis, outra tem um enorme buraco por onde já ocorreu fuga de detentos.



Buraco na celaO muro dos fundos do terreno da delegacia desmoronou. Lá estão armazenados veículos e objetos aprendidos, se desmoronando com tempo e cobertos de matagal. O delegado sugeriu o aproveitamento das instalações onde antes funcionou o hotel de trânsito do antigo Território Federal, hoje abandonado coberto de mato, para a construção de um centro integrado destinado a abrigar as instalações de todos os órgãos de segurança pública. O local também foi visitado pela Comissão de Administração Pública.




011?É importante que a Assembleia Legislativa fiscalize a situação estrutural predial, converse, explique a demanda da segurança pública que é muito grande aqui no município. E compete a Assembleia Legislativa cobrar ações do Poder Executivo, seja lá quem for o governo, para a solução dos problemas?, defendeu o delgado Tito Guimarães.



Para o presidente da Comissão de Segurança Pública, deputado Fabrício Furlan, o delegado Tito Guimarães sintetizou a realidade que o órgão vive no município.


016?O delegado disse tudo, sintetizou em poucas palavras e descreveu as dificuldades, seja de pessoal, de viatura e até, combustível. E, compete a nós cobrar do executivo, independente do governo que for, seja ele A ou B. Concordarmos com ele sobre o aproveitamento da estrutura que foi do hotel, para um Centro Integrado de Segurança Pública. Não adianta apenas virmos aqui e levantarmos o problema. Faremos relatório e encaminharemos requerimento ao Poder Executivo para que sejam tomadas as devidas providências. As ideias são boas, entre as quais, a de fazer uma doação do prédio onde funciona a delegacia, para que a Prefeitura construa um Centro Administrativo. A demanda aumenta todo o dia e, se não estivermos atentos, vamos virar caranguejo, que anda de lado ou para trás?, concluiu.
A comitiva encerrou sua visita ao município com a visita da comitiva da Comissão de Administração Pública ao local onde funcionou o Hotel de Trânsito do antigo Território Federal, hoje completamente abandonado e com suas instalações completamente cobertas pelo matagal.




AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - ALAP
Portal: al.ap.gov.br
Blog: casadeleis.blogspot.com
Twitter: @assembleia_ap
Facebook: Assembleia Legislativa do Amapá
Instagram: assembleia_noticias
Flickr: noticias assembleia
Tv Assembleia: Canal - 57.2
Rádio Assembleia: 93.9 FM


Ver lista completa
- - sessão Legislativa
Av. FAB, s/nº Centro - Macapá - Amapá
68906000 Fax: (96) 3212-8303